Tipos de dados de localização utilizados pela Google

Poderão ser utilizados diferentes tipos de informação de localização em vários produtos Google.

As informações de localização implícitas são informações que não indicam, efetivamente, a localização do dispositivo, mas que nos permitem apurar que está interessado no local ou que poderá estar no local. Um exemplo de informações de localização implícitas é a consulta de pesquisa de um determinado local introduzida manualmente. As informações de localização implícitas são utilizadas de várias formas. Por exemplo, se escrever "Torre Eiffel", depreendemos que gostaria de ver informações sobre locais próximos de Paris e podemos utilizar este dado para lhe fornecer recomendações acerca desses locais.

As informações de tráfego da Internet, como o endereço IP, geralmente, são atribuídas em blocos baseados em países, pelo que podem ser utilizadas, pelo menos, para identificar o país do seu dispositivo e para, por exemplo, fornecer o idioma e o local corretos para consultas de pesquisa. Estas informações são enviadas como uma parte normal do tráfego da Internet.

Alguns produtos, nomeadamente a navegação curva a curva do Google Maps para telemóvel, utilizam informações de localização mais precisas. Para estes produtos, normalmente, é necessário optar por ativar os serviços de localização baseados no dispositivo, isto é, serviços que utilizam determinadas informações, como sinais de GPS, sensores de dispositivos, pontos de acesso Wi-Fi e IDs de antenas de telemóvel, para obter ou estimar a localização exata. Em seguida, pode optar por desativar os serviços de localização baseados no dispositivo. É possível que determinados dispositivos e/ou aplicações também ofereçam definições adicionais de controlo da localização para estes serviços de localização baseados no dispositivo. Por exemplo, alguns produtos permitem optar por armazenar ou não estas localizações nesse produto ou histórico da conta.